11 canções para amar mais

por Gustavo Gitti 2 setembro 2008 62 comentários

11 músicas para amar mais e melhor

O título deste post foi inspirado pelo belíssimo projeto da Miranda July (Learning To Love You More), mulher que sabe como poucas explorar humanismo e existencialismo em todas as artes, do cinema à literatura. Qualidade que aqui no Brasil tenho a sorte de ver de perto, em ação, nos bastidores e sob os holofotes, no trabalho incessante do Ian Black. Em vez das artes, contudo, ele usa e abusa do universo da internet e dos meios digitais de conexão humana.

Ian BlackFoi ele quem, em uma dessas conversas de finais de dia, surgiu com o seguinte diálogo (nestas exatas palavras, pois meu Gtalk não mente):

Ian: to aqui pensando numa coisa, vamos ver o que você acha. que tal um post intitulado “10 Canções para auxiliar na conquista” (ou algum outro nome mais adequado). e dai elencamos, tu 5, eu 5.

Gustavo: fechou!

Ian: explicando o contexto da música e em que situações elas se encaixariam.  com um detalhe…

Gustavo: hum

Ian: as minhas canções aparecem no teu blog e as tuas no meu. um crossover blogueiro.

A idéia inicial se ampliou para dar conta de todo o percurso de um casal (de modo caricato, claro) e decidimos por 11 categorias para as quais escolheríamos e comentaríamos apenas uma música. Muitas categorias ficaram de fora (“música para fazer as pazes”, por exemplo) e a grande maioria delas aparecerá em uma segunda rodada de posts dedicada apenas aos problemas de uma relação a dois: brigas, traições, separações, divórcios e mortes.

Não há parceiro melhor para compartilhar tal projeto. Ian, assim como eu, é fascinado pelas conexões humanas: como as pessoas se esbarram, como se olham, se enredam, se apaixonam, se juntam e se separam. O antes, o início, o meio, o fim e o depois de cada toque. Os holy moments, as declarações inusitadas, sonoridades, locações e cheiros. Os percursos, as distâncias, os extremos e as intensidades.

Em sua seleção, Ian não evita clichês. Vai de Guilherme Arantes a Roberto Carlos, sem embaraço algum. Se você discorda, escute novamente, lembrando que o mesmo ouvido também escolheu Ben Folds, Josh Rouse e Devendra Banhart. Ele ainda comenta os trechos preferidos de cada música.

De modo evidente ou implícito, vi muita coisa parecida com o que escrevi e acho que foi um exercício riquíssimo para nós dois. Espero que seja para você também. Afinal, sem que percebamos, músicas e letras (para não falar de filmes) compõe nosso repertório amoroso – gama de possibilidades e histórias, modos de ser e tocar, olhar e conquistar. Sem as músicas que nos habitam, seria muito difícil dar sentido e viver tudo o que nos acontece enquanto amamos alguém.

Após a leitura (com trilha sonora na íntegra de todas as canções), confira a minha seleção no blog do Ian. Mas, agora, passo-lhe a palavra, a guitarra e o microfone…

11 MÚSICAS PARA AMAR MELHOR
Por Ian Black | www.ianblack.com.br

Você pode baixar cada uma das músicas no antes de começar a ler (letras e traduções aqui).


01. MÚSICA PARA UM PRIMEIRO ENCONTRO
Hands Down – Michael Stipe & Dashboard Confessionals

Nâo é engraçado quando você sai com alguém pela primeira vez e já sente prazer só de saber que estão compartilhando o mesmo ar? E a partir daí, tudo é um grande suspense sobre como a história vai desenrolar. Você deseja um beijo e também deseja saber se a pessoa deseja o mesmo. E se o beijo acontece, não resta dúvidas de que aquele foi o melhor primeiro encontro de todos os tempos.

Trecho preferido: “My hopes are so high that your kiss might kill me / So won’t you kill me? / So I die happy” | Não há como negar que esta ansiedade que precede o primeiro beijo é também dos prazeres mais gostosos num primeiro encontro.


02. MÚSICA PARA SE DECLARAR
Feeling No Pain – Josh Rouse

Esta não é uma canção qualquer sobre uma declaração amorosa. É uma canção em que o declarante volta a se apaixonar depois de ter o coração partido nalgum outro episódio. É quando encontramos uma pessoa interessante e vamos nos permitindo o envolvimento que surge aos poucos, cheio daquelas dúvidas gostosas que nos impomos para nos flagrarmos com o coração escancarado.

Trecho preferido: “Lately I’ve been feeling no pain / My heart is wide open / and somehow everything / falls into place / and it’s love…” | Eu prefiro esta parte traduzida, acho bem foda declarar-se de coração escancarado, e perceber que de alguma maneira tudo se encaixa.


03. MÚSICA PARA STRIPTEASE
Do You See the Light – Spain

A safadeza desta canção está na conjugação perfeita da letra com a voz, embalada pela guitarra que parece ser tocada com um cuidado dispensado somente às mulheres que queremos comer muito todo dia. À mulher, chapada de languidez, basta seguir o conselho e a ordem do refrão.

Trecho preferido: “Just kiss me girl and hold me tight” | O “Just do it” da putaria.


04. FUCK MUSIC
Like A Child Again – The Mission U.K.

O Sexo consegue mudar drasticamente o humor das pessoas. Através dele nos tornamos deuses, conscientes dos corpos envolvidos no ato e da energia que eles emanam. Descobrimos novos ritmos, assimilamos as mais diversas personalidades, nos comunicamos por uma língua distinta. Repare bem que a batida da música denota uma trepada frenética, e os violinos representam claramente os gemidos. É uma música que te faz querer vestir-se com a alma do outro.

Trecho preferido: “And I’m breathing you in / Just like the morning air / And I’m wrapping you around / Just like a skin to wear” | É simplesmente o trecho que me faz querer estar completamente dentro de uma mulher.


05. PÓS-FUCK MUSIC
The Body Breaks – Devendra Banhart

Imagine as sensações descritas e proporcionadas pela canção anterior. Embora elas nos despertem desejos de invencibilidade, invariavelmente caímos suados e felizes, dormindo sem culpa e desprezando qualquer possibilidade do mundo acabar. Pois bem, imagine a sensação de acordar e relembrar aos poucos o que viveram e sentiram há pouco. Então você descobre uma nova forma de prazer.

Trecho preferido: “The body burns / Yeah, the body burns strong / Until mine is with yours / Then mine will burn on” | É o momento em que você sente que o calor dos seus corpos ainda se mantêm.


06. AMOR NO CASAMENTO
O Mundo Anda tão Complicado – Legião Urbana

Desde adolescente eu sempre sonhei em ter um amor com o qual eu pudesse viver cada verso desta canção, que apresenta o cotidiano de duas pessoas que acabaram de casar e que estão descobrindo e se deliciando com o valor de cada detalhe dessa vida comunzinha. Depois que cresci e casei, a música passou a fazer ainda mais sentido, pois ela consegue resumir boa parte da minha vida com a minha esposa.

Trecho preferido: “Temos a semana inteira pela frente / Você me conta como foi seu dia / E a gente diz um p’ro outro: / – Estou com sono / vamos dormir!” | Existem poucas coisas no mundo que proporcionam tamanho prazer quanto conversar com a pessoa que ama e ainda dormir junto com ela.


07. MÚSICA PARA DANÇAR
The Luckiest – Ben Folds

Prepare o jantar, e depois de satisfeitos, mantenha a luz baixa, ponha esta música para tocar e proponha uma dança. Peça para que a outra pessoa deixe-se levar e apenas preste atenção na letra. Ela vai se sentir a pessoa mais importante do mundo sabendo que você se considera a pessoa mais sortuda do mundo porque todas as merdas que já te aconteceram fez você estar, vivendo esse momento ao lado dela.

Trecho preferido: “Now I know all the wrong turns, the stumbles and falls / Brought me here” / Pra quem, assim como eu, gosta de brincar de teoria do caos do amor.


08. MÚSICA PARA VIAGEM A DOIS
Baby I Need Your Lovin’ – Carl Carlton

Desde a primeira vez que eu ouvi esta canção, no distante 1985, a minha vontade era de pegar a estrada rumo à uma praia deserta num dia quente. Não tardou para que eu soubesse da necessidade de uma mulher nesta minha vontade. A batida, a voz, o refrão, tudo parece celebrar o verão e a paixão inerente a ele.

Trecho preferido: “Some say it’s a sign of weakness / For a man to cry / Then weak I’d rather be / If it means havin’ you to keep / ’cause lately I’ve been losin’ sleep” | Porque é sempre muito bom poder declarer-se sem preocupações, em voz alta, pra todo mundo ouvir.


09. AMOR À DISTÂNCIA
Loucas Horas – Guilherme Arantes

Quem já namorou à distância sabe como os momentos juntos são tratados como sagrados, históricos e épicos. E quando separados, fazemos da nossa vida a mais sofrida, mas inabalável. Contamos cada dia para um novo encontro, esculpindo o amor distante em qualquer rosto ou objeto à nossa frente.

Trecho preferido: “Te quero / o mundo fica perfeito contigo / nas poucas / as loucas horas com você” | É um dos poucos versos que resumem o que é viver sob encontros em doses homeopáticas.


10. MÚSICA PARA ONE NIGHT STAND
Quick Before It Melts – Cinerama

O sexo é das poucas coisas que nos faz perder qualquer traço de sanidade. E se o caso é como nesta canção, em que uma mulher deliciosa diz não estar usando nada sob o vestido, e implorando para que tudo aconteça rápido antes que derreta, não há tempo hábil para definirmos o que é certo ou errado. O importante é vivermos a história.

Trecho preferido: “You put your hand onto the very place my girlfriend’s hand should be” | Uma forma sutil de narrar uma situação que nos coloca em uma situação que permite as mais diversas interpretações.


11. MÚSICA PARA EX-NAMORADOS
Detalhes – Roberto Carlos

É sempre assim: quando um relacionamento chega ao fim, vislumbramos todas as possibilidades amorosas da outra pessoa, e desejamos tão secretamente que nosso amor não seja superado pelo futuro que muitas vezes acabamos acreditando nessa improvável invencibilidade, fabulando a nossa presença em cada detalhe do amor alheio.

Trecho preferido: “Mas quase também é mais um detalhe / um grande amor não vai morrer assim / por isso, de vez em quando você vai, vai lembrar de mim” | É como se exultássemos à resposta de que a chance de reconciliação fosse uma em um milhão.

Letras e traduções: Baixe o PDF com todas as letras e traduções das canções acima.

Veja a minha seleção de 11 músicas no blog do Ian Black e deixe seu comentário (aqui ou lá) sobre suas preferências.

Vamos cantar, tocar e dançar uns aos outros até o fim do amor…

Blog Widget by LinkWithin

Para transformar nossas relações

Há algum tempo parei de escrever no Não2Não1 e comecei a agir de modo mais coletivo, visando transformações mais efetivas e mais a longo prazo. Para aprofundar nosso desenvolvimento em qualquer âmbito da vida (corpo, mente, relacionamentos, trabalho...), abrimos um espaço que oferece artigos de visão, práticas e treinamentos sugeridos, encontros presenciais e um fórum online com conversas diárias. Você está convidado.



Receba o próximo texto

62 comentários »

  • Bruno Pedrassani

    Como já falei no post do Ian, sensacional a idéia e a execução. As músicas ficaram muito boas e bem colocadas. Obviamente cada um tem suas preferências, mas as análises de vocês é que fizeram a diferença. Tanto lá quanto cá, nunca havia comentado, mas o post mereceu.

  • Patrícia Klein

    sinto o mesmo de ‘hands down’ :~~

  • André

    Muito boa a seleção das musicas! E concordo com o Bruno, as análises fizeram a diferença.

    Vai uma idéia: @maestrobilly poderia fazer um (ou dois) ADD especiais com essa seleção! Seria show de bola!

    Abs

  • Nivia

    Parabéns!
    Conseguiu traduzir tudo!

  • Márcio M.

    Faltou Bon Jovi.

  • Helizangela

    Uau!!!
    Depois de ler todo blog e ouvir todas as músicas achei o máximo e essa foi a primeira exclamação!
    Parabéns! Super bacana!

  • piti canella

    amei a seleção Ian. thanks! a idéia é super bacana.

  • Lele

    Adorei a seleção. Ótimo post.

  • Liliane Ferrari

    Sensacional!!!!!!!a idéia, o formato e o resultado!!!! ;)

  • carolg

    ADOREI a idéia!!!
    Sugestão de Música para Striptease: Stripper – The Soho dolls

  • RENAN

    GENIAL…A ESCOLHA DAS PAÇAVRAS DOS TEXTOS É PERFEITA
    PARABENS…FAVORITEI

  • B.

    Ótima sacação do post, e muito boa a seleção, agora vou no blog do Ian ver a seleção do Gustavo…

  • Carol

    Acabei de escutar as duas seleções e são perfeitas!!! Continuem exercitando essa troca de experiências musicais com tudo, não só amor, pois também acredito que a vida sem uma trilha sonora, é bem monótona! Aliás na maioria dos momentos marcantes da minha vida, a música está presente!!!!

  • Dudu

    Fantástica a idéia de vcs, mas a execução ao meu ver ficou além das expectativas!

    Me identifiquei pacas com as duas seleções (a sua e a do Ian), e acho que faria algo mesclado. Destaque para a sua ‘Kiss the rain’ coroando a distância, e para a ‘Detalhes’ do Ian, embora possa soar como uma brasa quente sobre uma ferida (ainda) aberta.

  • Isabella

    Adoreiii!! Não tem como não se identificar com alguma música!! Os comentários das músicas estão super bacanas!!! Muito legal!

  • gledson

    a seria muito mais maneiro se fossse todas as musicas fossem brasileiras e em portugues

  • Val

    Olá, parabéns pelo blog e em especial por essa seleção de músicas, adorei!!! Mas vc poderia ter feito um PDF das músicas de presente p/ nós como o seu amigo né? rsrsrsrs.

  • Luciano Santos

    Muito bacana a idéia e a execução. Sua seleção ficou fantástica. Parabéns pela idéia!

    E gostei muito da adicição da número 4, “Like A Child Again” – The Mission U.K.. Essa versão acústica é muito boa!

  • Linaldo

    Paixão nova, que nasce com um prazer idiscritível como a retirada de uma adaga enterrada no coração, uma respiração de um folego só, que parece que nunca vai acabar. Esta seleção retrata o mergulho profundo de alma e do coração, em uma aventura escondida no passado e que ainda me faz tremer a com as lembranças trazidas por esta seleção.

    Porra! fiquei emocionando e chorando de saudades de um amor, do maior amor que se foi, que seguio outros caminhos, sem razão! sem retorno!

    Thanks Sir Ian.

    Ben Yagal Allon

  • labiomol

    Meu amigo, o que porra é essa!?
    nenhuma das fuck musicas são boas!
    é altamente brochante!!!!

    cade kenny g!?
    kansas, eagles, chris isaack e A-HA!!!!!!!!

    MEU IRMÃO SAIA DESSA!
    TU NÃO SABES ESCOLHER ESSAS MÚSICAS!!!!!

  • Titaa

    Mto boa a lista e a ordem.
    a seleçao de musicas tbm ficou perfeita.
    Parabens, amei.
    Bjiin

  • Pedro

    Ótima idéia de vocês!

    Muito legal mesmo selecionar umas músicas para cada situação. Os comentário estão demais!

    Passei nos dois blogs, e gostei muito!

  • Vanessa

    A-DO-REI!!!! Muito legal a lista das músicas!! As duas!!! Amei os comentários das músicas e me indentifiquei muito com as histórias, apesar de não ter vivido todas elas!!! Parábens!!

  • Débora Rangel

    Já havia lido em um de seus posts algo sobre a música certa nos momentos certos e por incrível que possa parecer esta semana estava pensando justamnete em músicas fuck music para aqueles momentos com meu marido.

    Muitas vezes a televisão já está ligada aí vai com o som da televisão mesmo, no que estiver passando (foi tentando evitar isso que comecei a pensar na minha playlist, obrigada pelas sugestões).

    Afinal, momentos inesquecíveis e especiais não podem passar sem uma trilha sonora, elas são essenciais para fazer o clima do momento, seja ele qual for.

  • Ju

    Adorei!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    =*

  • Srta. Rosa

    Well well, eu também adouro a Miranda July. E já tô indo ver se a tua seleção ficou tão buena quanto esta.
    Hasta pronto!

  • elisa

    ESSAS MUSICAS SAO PARA ” VOCE AMAR” E NINGUEM MAIS , NAO GOSTEI …….MAS ACHEI A IDEIA INTERESSANTE ……….

  • Deolinda

    Olha, foi a primeira vez que os conectei, adorei e tb a seleção, espetacular, copiei. Agora vou curtir.

  • francis

    A-D-O-R-E-I- simplesmente lindas essas musicas.
    Vcs estao de parabens pelo bom gosto da cada musica aqui escolhida e comentada.Parabens e viva o amor!!!!!

  • Fabio Bracht

    Eu estava lendo este post completamente distraído via um share do Google Reader, até que meus olhos se abriram. Foi a indicação de The Luckiest, do Ben Folds, uma das músicas mais bonitas que eu conheci ultimamente. Belíssima recomendação!

    Contribuindo com o assunto, eis o verso mais romântico do rock na minha opinião: “Breathe out, so I can breath you in”, da música Everlong, do Foo Fighters (que, em versão acústica, poderia entrar nessa lista numa boa ;)).

  • Nati

    Eu sou fã, simplesmente.. do blog.. e desde q conheci a história do Ian e da Marina, fiquei fã dos dois tb!

    È lindo o amor, e todas maneiras de expressá-los!!!

  • Daniel

    Para fazer as pazes (ou para flertar): Vanessa da mata – Amado

  • Xana

    Perfeito!!!

  • Daniel

    Sendo mais genérico, para conquistar ou reconquistar.

  • Bel

    Muito legal a seleção do Ian…apesar de que pra mim o ideal ainda seria a mescla do Ian com a do Gutti (e tb um toque pessoal…rs)!

    As músicas marcam momentos, os congelam pela nossa lembrança.
    É meio behavorista pois nos faz reviver os momentos, lembrar dos cheiros, gostos, toques….enfim…

    Gostei da idéia do intercambio!!

    Przer em conhecê-lo Ian…gostei do seu blog tb!!

    Beijos aos 2 (Gutti e Ian)

  • Maria

    Adorei tudo. Sempre bom chegar, ler tudo e terminar descobrindo muito mais de nós mesmos.

  • angie

    Não conhecia, mas adorei Feeling no pain!
    Esse post me fez passar uma boa parte da tarde ouvindo música, me senti super bem. Estava precisando.
    Parabéns ao Gustavo e ao Ian.

  • Cássia

    Eu adorei as duas listas e nem dá para escolher a minha preferida. Parabéns aos dois, vocês encantaram o meu dia.

    Beijos.

  • Gustavo Gitti (autor)

    Agradeço a todos pelos comentários!!! Também fiquei muito feliz pois o post ficou ontem na home do Yahoo! Brasil.

    A idéia do Ian foi genial e vocês não imaginam o trabalho que dá montar um post simples desse. Muito legal ver o feedback, dá vontade fazer mais e mais…

    Daniel, também adoro essa música da Vanessa da Mata. Na minha seleção, coloquei a “Case-se comigo”.

    Gledson, daria para fazer uma lista só com músicas em português (Chico, Marisa Monte, Lenine, Djavan, João Bosco, Clara Nunes, Maria Rita, as novas meninas da MPB, as clássicas…), mas escolhi aquelas que tinham mais história na minha vida e acabou saindo assim. Creio que o Ian fez o mesmo.

  • Gustavo Gitti (autor)

    Aliás, gosto e ouço tanto Marisa Monte que daria para fazer a mesma lista com as mesmas categorias só com músicas dela.

    Na próxima (das brigas, problemas, traições e separações), acho que vou selecionar mais de uma dela… O foda é que um dos acordos com o Ian era não escolher mais de uma música do mesmo artista. ;-)

  • = pra não dizer que não falei das músicas « senhorita rosa com o candelabro na biblioteca

    [...] embora eu não tenha sido convidada, tive que fazer essa seleção. Verdade seja dita que algumas músicas dos meninos merecem clap-clap-clap, pero Djavan, Legião Urbana e Guilherme Arantes juntos me deram calafrios. [...]

  • Xana

    a diferença entre uma revista e um bom livro é o tempo que se leva pra aproveitá-lo. No primeiro, na primeira rápida leitura ficamos satisfeitos; na segunda, a satisfação nunca vem, sempre achamos que falta alguma coisa pra absorver.
    Quando vi que tinha um novo post, comecei a ler, mas logo percebi que iria ter que voltar com tempo pra lê-lo direito.
    deu pra ver que deu trabalho. deu pra ver que foi caprichado!!
    parabéns aos dois.
    minha preferida do Ian: música para o casamento.
    minha preferida do Gustavo: amor à distância.

  • Talita

    Gu e Ian: que idéia genial!

    Gu, da sua seleção, aqui vão as que me fizeram sentir mais:
    * Harvest moon

    O que são esse grilinhos e sininhos e ruídos de uma noite de verão, e a voz dela?dá pra sentir a brisa quente e o cheiro da grama : sonho puro… delíciaaa… faz a gente querer dançar junto, no vento, suave rodopiando, dançando se unindo… muito bom! vo assistir ao filme!

    * Kiss the rain

    Tá, ok, me embrulhei neste cobertor, datado a carbono 14, direto da minha adolescência… aprovado!

    * Um amor puro

    Bem… Djavan é Djavan. e tenho dito.

    * Walking after you

    É ótima.. também está nos meus top 10 músicas deliciosas e que deixam muita inspiração. hmmmm…

    *Touch

    Desperta o corpo sentidos memórias vontades…

    *Case-se comigo

    Um dia quero dizer essa música… lindalindalinda….
    E a voz da Vanessa é tudo!

    *Love ridden

    Toda a dor que a gente precisa sentir nessa hora.

    Meninos, viva a criatividade!

    Vou passar lá no blog do ian pra comentar também.

    Um abraço!

  • fabi

    ai, que delíciaaaaaaaaaaaaaaaaaa!

  • Alê

    Oi Gu, adorei essa idéia e as músicas do Ian, principalmente as 1,4 e 6 (essa foi em cheio!). Parbéns para vcs dois!
    Me inspirei tanto que resolvi compartilhar minha listinha com uns adicionais rs … Não pude escapar do Nando Reis mais de uma vez, ele sabe como ninguém falar das sutilezas e brilhos no cotidiano, na declaração, no rompimento.

    Música para primeiro encontro – “Um certo alguém”- Lulu Santos

    Música para se declarar – “Absolute beginners” – David Bowie

    Música para striptease – “Sweet Jane “- Lou Reeed

    Fuck music – “Touch me” – Doors

    Pós – fuck – “Angel”- Jimmy Hendrix

    Amor de casados – ” A fila” – Nando Reis

    Música para estrada – “Take my hand” – Dido

    “The”one night stand – “Blood sugar sex magic” – Red Hot Chili Peppers

    Cantar bem alto sempre – “Tão Bem”- Lulu Santos

    Pedir desculpas – “Por onde andei”- Nando Reis

    Música para reatar – “Sweet Baby” – Macy Gray

    Música para “crises” – “Why worry” – Dire Straits

    Ex- namorados 2 versões rs – “Maresia” – Adriana Calcanhoto (versão passivo) e “Boa Sorte” – Vanessa da Mata (versão ativo)

    Rompimento hard -”Quem vai dizer tchau?” – Nando reis

    bjs!

  • Tatiana

    A música Detalhes do Roberto Carlos é muito linda. Acho que não se encaixa só para ex-namorados, não. Dá para usar esta música para lembrar o atual namorado de que qualquer detalhe da nossa vida juntos, deve estar sempre presente não somente qdo estivermos separados.

    Tirando umas duas ou três músicas que não conheço, mas que vou procurar conhecer, o restante da lista é muito boa. Adorei!

  • Rejane

    A Música…
    O Som…
    A Melodia…

    É impressionante a diferença de um momento com música e um sem música. E mais ainda a sensação que se tem. Algo mágico que nos faz levitar, lembrar de alguém ou de um lugar especial, extravazar a alma! Enfim, a música tem um poder tão forte que algumas vezes chega a alterar o nosso humor.

    Quem algum dia não se viu irritado com uma música desagradável e cansativa? Pois bem, há até aquelas que lembram de pessoas que queremos esquecer.

    Gitti, a seleção está realmente muito boa, concordo com você, o arcenal brasileiro é fantástico, nem precisaríamos recorrer ao internacional. Se me permite eu apenas acrescentaria essas abaixo:

    - ESPERANDO AVIÕES (Essa é linda! De um compositor mineiro fantástico)
    http://www.vanderlee.com.br/novo/videos/esperando.htm

    - ROMÂNTICOS (Do mesmo compositor. Esssa faz uma descrição bacana do comportamento dos românticos, muito boa!) Segue a letra:

    Românticos
    Vander Lee

    Românticos são poucos
    Românticos são loucos desvairados
    Que querem ser o outro
    Que pensam que o outro é o paraíso
    Românticos são limpos
    Românticos são lindos e pirados
    Que choram com baladas
    Que amam sem vergonha e sem juízo

    São tipos populares
    Que vivem pelos bares
    E mesmo certos vão pedir perdão
    E passam a noite em claro
    Conhecem o gosto raro
    De amar sem medo de outra desilusão
    Romântico é uma espécie em extinção
    Românticos são loucos
    Românticos são poucos
    Como eu
    Como eu

    Haja coração!!!

    Bjão

  • Vanessa

    Amo Marisa Monte, Vanessa da Mata… Sabem traduzir o que sentimos!!! Mas tem tbem a Ana Carolina, que caminha por diversos temas e nos faz pensar sobre a vida. Penso que a música abaixo tbem se enquadra nessa seleção, falando de um amor que já se foi. E de como a vida passa e a gente, as vezes, nem percebe.

    O avesso dos Ponteiros. (Ana Carolina)

    Sempre chega a hora da solidão
    Sempre chega a hora de arrumar o armário
    Sempre chega a hora do poeta a plêiade
    Sempre chega a hora em que o camelo tem sede

    O tempo passa e engraxa a gastura do sapato
    Na pressa a gente não nota que a Lua muda de formato
    Pessoas passam por mim pra pegar o metrô
    Confundo a vida ser um longa-metragem
    O diretor segue seu destino de cortar as cenas
    E o velho vai ficando fraco esvaziando os frascos
    E já não vai mais ao cinema

    Tudo passa e eu ainda ando pensando em você
    Tudo passa e eu ainda ando pensando em você

    Penso quando você partiu
    Assim… sem olhar pra trás
    Como um navio que vai ao longe
    E já nem se lembra do cais
    Os carros na minha frente vão indo
    E eu nunca sei pra onde
    Será que é lá que você se esconde?

    Tudo passa e eu ainda ando pensando em você
    Tudo passa e eu ainda ando pensando em você

    A idade aponta na falha dos cabelos
    Outro mês aponta na folha do calendário
    As senhoras vão trocando o vestuário
    As meninas viram a página do diário

    O tempo faz tudo valer a pena
    E nem o erro é desperdício
    Tudo cresce e o início
    Deixa de ser início
    E vai chegando ao meio
    Aí começo a pensar que nada tem fim…

  • 11 canções para amar mais : Elas Blogam

    [...] O título deste post foi inspirado pelo belíssimo projeto da Miranda July (Learning To Love… [...]

  • Douglas Miguel » Arquivo » 11 músicas sobre qualquer coisa!

    [...] Rosa escreveu sobre, me levou ao post do Ian e do Gustavo, e resolvi me divertir aqui na minha longa lista de MP3 e fazer uma pequena seleção sem [...]

  • Xana

    juro que não quero fazer ciúmes no Gustavo…
    mas gravei um cd com a ordem das músicas do Ian… hehehe
    perfeitas!!

  • 12 canções para amar mais « Conversas em off Weblog

    [...] canções românticas, que todo mundo nega, mas sempre gosta de ouvir. O título do post é “11 canções para amar melhor“. Eu adaptei para “12 canções para amar mais”, porque me soa bem melhor. A [...]

  • paty

    Gente, algum de vocês conhece uma música que fala assim: Comer, dormir, trepar.

  • Meiri

    Gente, que boa idéia
    Parabéns aos dois, vou ver o post do Gustavo, mas Ian,cara… não resisti.
    Tive que fazer o tal striptease. Eta musica boa.

  • Erick

    A página com as músicas do Ian Black (no enloucrescendo) não existe mais. Faça contato para que ele repare. Obrigado.

  • Denise

    Fuck music, pra mim, é Midnight Ravers, do Bob Marley. E Bad Card, do mesmo, é para os momentos que antecedem a hora H.

  • Gustavo Gitti

    Testando o ECHO…

  • 11 Canções para amar mais

    [...] conhecer a minha lista de 11 CANÇÕES PARA AMAR MAIS, vá até o Não 2, Não 1 This entry was posted in Uncategorized and tagged amor, casamento, [...]

  • Carla Rocha

    Parabéns pelo post! alta agora uma seleção de músicas para quem perdeu um amor, dor de cotovelo, para quem gosta de um pensando em outro, para aqueles que não tem ninguém… Haja seleção quando o assunto é amor!
    Semana de luz e paz!

  • Ana Carolina

    Eu ainda sonho com um amor para viver essa canção do Legião Urbana. “Sempre faço mil coisas ao mesmo tempo e até que é fácil acostumar-se com meu jeito, agora que temos nossa casa é chave que eu sempre esqueço”. Linda a idéia de troca de posts, passei um tempão sem ler o blog e hoje estou me deliciando com os posts antigos. Ahhh e eu colocaria como canção para se declarar Ilegais da Vanessa da Mata. “Eu só sei que eu quero você pertinho de mim, eu quero você dentro de mim, eu quero você em cima de mim, eu quero você…”

    Abraços!

  • Léo

    Eu tenho uma música que tanto servia pra Striptease quanto para o Fuck Music que é chamada “Mondo Bongo -Joe Strummer & The Mescaleros”.
    http://www.youtube.com/watch?v=vPjaXu6g1Xk
    Eu já usei essa música pra as duas ocasiões com minha namorada, e o tesão aumenta, e muito! AHUSUHAHU
    abração a todos.

  • Allan Robson

    Depois de quase 4 anos de postado vi esta lista de musicas parabens…

    ha muito tempo eu procurava algo assim… finalmente axei

Deixe seu comentário...

Se for falar de seu relacionamento no comentário, seja breve, não cite nomes e não dê muitos detalhes, caso contrário não será publicado. Lembre-se que não há nenhum terapeuta de plantão.