O que você deseja ver no Não Dois, Não Um em 2008?

por Gustavo Gitti 31 December 2007 16 comentários

Time
Don’t let it slip away
Raise yo’ drinkin’ glass
Here’s to yesterday

Jogo rápido: o que você gostaria de ver aqui no blog em 2008? Nunca antes fiz essa pesquisa, porém é esse o momento. Nos próximos meses, planejo alterar o layout e iniciar umas intervenções offline. Let’s see what comes up.

Se puder e quiser contribuir para o crescimento desse espaço, liste o que faz você voltar aqui e o que gostaria (ou não) de ver. Além dos temas que abordo, você pode consultar os tipos de posts nas categorias do blog (lateral direita).

Obrigado e feliz ano novo a todos! Ao som de Full Circle, quem aqui brinda comigo?

Blog Widget by LinkWithin

Para transformar nossas relações

Há algum tempo parei de escrever no Não2Não1 e comecei a agir de modo mais coletivo, visando transformações mais efetivas e mais a longo prazo. Para aprofundar nosso desenvolvimento em qualquer âmbito da vida (corpo, mente, relacionamentos, trabalho...), abrimos um espaço que oferece artigos de visão, práticas e treinamentos sugeridos, encontros presenciais e um fórum online com conversas diárias. Você está convidado.



Receba o próximo texto

16 comentários »

  • myla

    esse ano foi completamente surreal em vários aspectos; um ano super diferente, onde fiz três grandes novos amigos. e vc é uma das estrelas dessa pequena constelação em trio.

    se fôssemos todos nós dançar um sambinha d gafieira no céu, a terra e o mundo inteiro seriam um lugar muuuito mais feliz pq foi aqui q vc me apresentou – e a todo mundo q aqui te lê – o Lama Samten, a Pema, o Trungpa, o Wallace e o Deida. e não vou nem falar dos outros, como o Serres, Wilber e o Calligaris…

    e todos convergem e todos dizem o mesmo q vc sempre disse aqui, do seu jeito. é por isso q assinamos feed, colocamos o site no google reader e sempre voltamos.

    sei q eu sou chegada numa poesia, num jeito meio poético d dizer as coisas. mesmo assim, não fujo da verdade, das formas como já vi o não2não1 tocar e ajudar tantas e tantas outras pessoas.

    esse cantinho aqui é um pequeno orvalhar d alma, é quando a alma da gente se refresca – mesmo qdo dói ou qdo encanta!

  • Wagner Fontoura

    Eu não mudaria nada do que vc faz e prega por aqui, porque sou um dos seus prováveis muitos fãs nº 1; mas sendo vc quem é, estou seguro de que qualquer mudança que vc promova será sempre pra melhor e eu estarei na fila do gargarejo para lhe prestigiar, aplaudir e me refestelar com a sua grandeza como ser humano, que transborda por todos os lados! Que delícia ser seu amigo, tê-lo encontrado pelo caminho e poder compartilhar contigo essa estrada! Gosto de você um monte! Obrigado por tudo! Grande abraço! Feliz 2008! Conte comigo.

  • Wagner Fontoura

    Ah! Eu te devo uma em especial: ter conhecido a Myla aqui nos comentários do seu blog. Outro ser humano da categoria dos especialíssimos!
    ;)

  • Vinícius Carvalho

    Sou um, de vários outros, leitor anônimo. Que acessa ao blog, lê, reflete, re-lê e se deslumbra com tanta coisa bonita, útil, simples e interessante. Estou aqui no anonimato à um ano. E digo que muitas dicas e ‘conselhos’ seus, Gustavo, usei em minha vida. Então desde já, obrigado.
    Não tenho ainda muito bem definido o que quero para 2008. Mais sei que posts como “Amor: relação abismal” e “Liberdade, Profundidade e Presença” foram temas que me tocaram bastante. Talvez o que mais me tenha chamado a atenção seja a maneira simples e didática de abordar temas tão complexos.

    Não sei o que quero, mas sei que ainda vou crescer muito lendo Não Dois, Nao Um.
    Obrigado.
    Um ótimo Dois Mil e Oito.

  • Sarah

    Então, esse lilás rosado é uma cor bastante enjoativa, sendo que já virou referência.
    Nesse caso, você poderia incluir cores, de forma que essa continuasse em evidência mas tivesse o apoio de outras que combinassem(apoio não é carnaval). Não é feio, tãopouco brega, e o objetivo seria que continuasse assim… porém, com um ar menos cansativo.
    Mudanças no layout também são construtivas quando não bruscas.
    Bjs.

  • cybele

    Estou chegando e aprendendo a ler as mensagens, muitas vezes surreais, que pintam aqui. Pensei que saberia escrever pra blogs e descobri que não, então me propus aprender…..rsrsrsr. Gosto dos textos, gosto da forma como são diretos e muitas vezes, cru. Gosto das entrevistas e das respostas, sem rodeios. Concordo com o Wagner, não mudaria nada, pois relacionamento como um dos temas ainda é o calcanhar de aquiles do ser humano, e você sabe o que faz.
    Feliz 2008 para todos nós. Este ano promete!!!!!

  • myla

    poxa Vinícius: cara, vc é leitor mais antigo q eu (em março q faço um ano d não2não1) e só agora q faz seu primeiro comentário?! uaaaaaauuu, comedimento hercúleo esse o seu… dava pra já ter somado um ano d amizade com o Gitti. ;0)

    Wagner, obrigada pelo carinho – já te disse q “beauty is on the eyes of the beholder”! muito sucesso nesse desabrochar d novas lidas e uma puta gã d viver!!!! grazie!

  • Ulisses Adirt

    Vc sabe, Gustavo, porque comecei a freqüentar o blog: por causa da dança de salão. Entretanto, como sou leitor novo na casa, ainda prefiro esperar o dono dela mostrar o que há de bom para ver. ;-)

  • Alê

    Gu,

    Tenho o privilégio de ter sido inspirada por ti para dar a luz ao meu pequeno espaço na blogsfera e de te conhecer pessoalmente. Suas reflexões me inspiram deveras, portanto, o que mais gosto de ver por aqui é sua autenticidade. Seus posts mais pessoais, questionadores, viscerais são os que mais me tocam e provocam boas efervecências rs.

    Acho bacana mudar o layout, roupa nova é sempre bom, mas sempre sem perder a identidade. Espero que a mantenha cada dia mais.

    gde abraço

    Alê

  • AnaP

    Passei a virada exatamente com essa música.Sensacional :D

  • Andre L. Soares

    Também sou da opinião de que o blog não necessita de mudanças, pois é muito bem construído. Agora, quanto a um tema que eu gostaria de ver mais por aqui, o que digo não se aplica especificamente a esse blog, mas sim a toda a web: arte. O que procuro na web em geral é arte das mais variadas formas.

    Feliz 2008!

  • Dr. Love

    Que tal incluir relatos anônimos da aventuras sexuais de suas leitoras?

    Com posterior análise.

    Evil, very evil.

  • Dr. Love

    Faltou o “s” no “da”.

  • Luana Lamas

    Olá! Valeu pela visita… vou te linkar por lá pra voltar mais vezes por aqui. Gostei do seu texto, tanto que rendeu o post.

    ; )

    Ah… o amigo meu que eu citei no começo do post é o Tonobohn, que também escreve no Nossa Via.

  • Gustavo Gitti (autor)

    Pessoal, muito obrigado pelo apoio e pelas sugestões!!! Valeu!

    Dr. Love, evil, my friend, very evil. Vou pensar no assunto. ;-)

    Leitoras, será que vocês descreveriam anonimamente suas aventuras bem feitas ou fantasias ainda não realizadas? Seria uma verdadeira aula para os homens, vocês não fazem idéia do quanto isso ajuda a diminuir a quantidade de babacas no mundo.

  • Gisele

    Oi Gustavo

    Acho que vc não precisa mudar nada sobre o conteúdo do blog, vc é o melhor “psicanalista moderno” que existe.
    Mas aí vai uma dica extra: Acho muito provável que vc consiga que as leitoras descrevam suas próprias aventuras, desde que façamos uma troca, vc nos ensine a dar um tapa na cara a luz de velas, nos babacas de plantão e nos explique qual o mecanismo que faz com que eles ” os babacas”, consigam parecer menos babacas do que são. Será erro deles ou nosso rs? ” Homens babacas não deveriam saber nunca,que mulheres inteligentes existem. Esse acesso tem que ser exterminado” bj