Ciúme no orkut entre ex-namorados ficantes

por Gustavo Gitti 25 October 2007 20 comentários

Orkut

“Bom, estive passeando pelo seu site e sei que não é bem pra isso, mas quero pedir um parecer. Meu caso é o seguinte: Larguei do meu namorado depois de uma briga MUITO feia no começo do ano. Só que nunca conseguimos nos esquecer um do outro. Várias vezes eu o procurei, mas mais vezes ainda e me afastei completamente e ele veio atrás de mim. Agora estamos “ficando”, diz que que para tentarmos nos entender e voltarmos a namorar. Só que, além de eu não me sentir bem com essa situação porque tenho a impressão de que ele tem vergonha de assumir que voltou comigo pros amigos dele, ele ainda deixa as “amigas” folgarem: deixam recados no orkut chamando de lindo, gato, chamando pra sair, e uma delas tem uma foto com ele no állbum!!! Ontem eu vi isso e pedi pra ele dar um toque na menina pra tirar, porque não acho legal (e ele também não se sentiria, pois MORRE de ciúmes e cria caso todas as vezes que eu saio com meus amigos porque diz que só tenho amigos homens e todos eles dão em cima de mim – não, eu não sou a Miss Brasil, antes que pergunte). Fala que não é normal eu ter ciúme da outra (que já deu MUITO em cima dele uma outra vez que ficamos separados) ter foto de rostinho colado com ele no orkut. Realmente isso é anormal? To ficando maluca ou é ele quem tá sendo folgado demais? Ele ainda quer que eu aceite tudo numa boa, que fique AMIGA da menina, imagina isso! Como que eu posso pensar em ficar amiga de alguém que põe fotinho fofinha do MEU namorado no orkut? Bom, se puder me ajudar, eu agradeço. Se não, valeu assim mesmo. –Melissa”

Olá, Melissa. Eu também passei por um término de namoro bem difícil, também enfrentei dias intermináveis de ciúmes frente ao Orkut (scrapbook nos bookmarks, sabe?) e também voltei depois de um bom tempo no esquema “ficantes”. Então sei do que está falando. Vou comentar apenas duas questões, ok?

Um ciúme livre de ciúme

Você tem ciúme. Ele tem ciúme. O problema não é ele, nem você e nem a outra com a foto no Orkut. Isso não importa. Um bom diagnóstico aponta o vírus e cura o resto. Não tente se livrar dos seres e coisas infectados. Em vez de direcionar sua atenção ao seu relacionamento com ele ou com ela, se relacione com o ciúme. Apresente-se a ele, convide-o para entrar, pergunte, sinta, converse com ele.

Lembro que passei anos me orgulhando por não sentir ciúme algum. Meu coração frio e distante me impedia de assumir uma postura ciumenta. Ao se chatear pela ausência de ciúme em minhas ações, minha namorada no fundo reclamava de meu fechamento. Ela não queria meu ciúme: ela queria meu coração aberto. Depois tomei uns tapas da vida e percebi que o senso comum está certo: um pouco de ciúme apimenta a relação e melhora o sexo.

Essa é uma evolução importante, quando aprendemos a trabalhar com um ciúme saudável. Conquistamos maestria nas dinâmicas da relação. No entanto, esse desenvolvimento tem um limite e trará consigo um novo tipo de sofrimento. Vamos controlar as dinâmicas amorosas, manipular os outros, tentar causar boas impressões. Nossa especialidade será a de equilibrar e manter nosso prazer. Ao fim da vida, estaremos no mesmo lugar, cheios de ansiedade, controle e medo.

Temos dois extremos em relação ao ciúme: se o evitamos completamente, nos fechamos; se o vivemos habilmente, nos tornamos manipuladores. Assim como minha namorada – que, ao pedir por ciúme, desejava abertura –, precisamos liberar a energia do ciúme para que toda a sua negatividade se transforme. Mas quando o ciúme deixa de ser ciúme?

Há ciúme que é obstrução, que trava, que aprisiona o outro com nosso olhar e nos tranca no medo. Há ciúme que é jogo, que movimenta nossa energia em direção ao outro e ao mundo, que promove a relação. O ciúme deixa de ser ciúme quando é ação lúdica do amor. Não há necessidade de evitá-lo nem de aceitá-lo como natural. Nós pulamos tudo e vamos direto ao que interessa: no ciúme só vemos amor e nada mais.

Como fazer isso na prática? Vejamos… Você se lembra quando não conhecia seu parceiro? Tente reconstruir o primeiro dia que o viu (pense e sinta tudo de novo) e avance lentamente sua história até hoje. Vocês se juntaram para poder viver coisas que não conseguiriam sozinhos. Você tinha algo para oferecer, ele também. Vocês eram livres, se juntaram por escolha. Não havia posse, apenas generosidade. Para resgatar a liberdade de sua conexão (naturalmente livre de ciúme), você terá de perceber que sempre esteve lá: no primeiro dia de sua história com ele. Você nunca saiu desse espaço de escolhas. Nesse primeiro dia, logo que o conheceu, você estava livre de ciúmes.

Assumir a relação… só para raros

As primeiras idéias para esse blog vieram enquanto eu ouvia frases assim: “Ele não fode nem sai de cima”; “O cara não caga nem sai da moita”; “Não dança nem sai da pista”. Ele está passeando distraído e você está vestida de noiva. Ele está jogando videogame e você nua diante do sofá. Esse é um fenômeno bem comum. Enquanto o homem esconde suas declarações, você deseja se entregar. Basta ele pedir, mas ele não pede. E então você faz o jogo dele, enquanto aguenta…

Assumir a relação é algo que demanda condução, leveza a profundidade. Se é o que deseja e ele não faz, aguarde mais um pouco antes de dispensá-lo. Quem sabe ele não lê esse post? Se você se satisfaz com menos, well, boa sorte. Mulheres assim contribuem para a sobrevivência de homens indecisos. Se for esse seu caso, é provável que algum dos seus amigos vá se encher de tanto ouvir suas reclamações e montar um blog! ;-)

Blog Widget by LinkWithin

Para transformar nossas relações

Há algum tempo parei de escrever no Não2Não1 e comecei a agir de modo mais coletivo, visando transformações mais efetivas e mais a longo prazo. Para aprofundar nosso desenvolvimento em qualquer âmbito da vida (corpo, mente, relacionamentos, trabalho...), abrimos um espaço que oferece artigos de visão, práticas e treinamentos sugeridos, encontros presenciais e um fórum online com conversas diárias. Você está convidado.



Receba o próximo texto

20 comentários »

  • Fernando

    Parabéns Gustavo, arrasou na resposta.

    Parece que o estagio com o Dr. Love gerou dividendos. ; )

    Por outro lado a frase “Se você se satisfaz com menos, well, boa sorte. Mulheres assim contribuem para a sobrevivência de homens indecisos.” me fez pensar bastante:
    Muitas das coisas que fazemos em nome do “Amor”, nos afastam mais do que aproxima do amor desejado.
    Uma boa motivação deve ser acompanhada de um modo lúcido e sábio de se fazer manifestar ou de alcançar o desejado.
    Do contrario ao invés de liberar, nos aprisiona. Ao invés de estimular o crescimento do parceiro, lhe nega um novo florescer.
    Ah, já ia me esquecendo… Por favor, não esquece de terminar a trilogia do “profundidade liberdade e presença”. Estou muito ansioso para ver a terceira parte. E aproveitando o gancho, vou sugerir uma frase deste post para um novo tema que creio que será interessantíssimo: “Para resgatar a liberdade de sua conexão” ou uma variante da mesma.
    Abraços

  • Gustavo Gitti (autor)

    Fernando, a parte 3 está andando. Esses textos não rola escrever de qualquer jeito. Eles não são palavras. Sem a energia por trás, não sobre nada. Ainda mais a parte 3 que fala justamente sobre presença!

    Anotado a sugestão. Vou pensar sobre isso.

    Abração e valeu pela presença!

  • Fernando

    Compreendo perfeitamente Gustavo.
    Sem pressa.
    Afinal de contas o texto vai ficar para a posteridade e desejo que todos quanto leem (agora, ou daqui a uns 15 anos) recebam dessa energia e sejam abençoadas por ela.
    abraços

  • Samantha

    Ótimo post Gustavo…
    no quesito assumir a relação os homens na sua grande maioria ainda têm muito o que aprender com as mulheres.
    Tudo bem, somos meio afobadas, mas quem não é quando está impolgado, ou simplesmente feliz??

  • Luciana G.

    Haha
    Sobre ciúmes, me lembrei de um caso que se passou comigo. Não faço parte de um casal exatamente ciumento, pelo contrário. Nos conhecemos tanto que sobra confiança, o é ótimo, claro. Mas uma vez me esqueci de ligar pra casa avisando que ia sair com amigos – essa é uma regra aqui em casa, pais e filhos, todos avisam se vão retornar ou não e por volta de que horas, não se exige relatórios ou longas explicações, apenas a educação de não deixar os outros apreensivos. Me esqueci de avisar e acabei chegando em casa às 4 da manhã… Cheguei tensa, imaginando o companheiro já debruçado no telefone, procurando meu cadáver no necrotério (claro que eu projetava o que EU faria se ELE sumisse por tanto tempo). Não é que o homem dormia o mais tranquilo e profundo dos sonos? Na hora em que vi a cena, tive ganas de acordá-lo e gritar: “que que é isso? Eu chego às 4 da matina e o senhor dormindo sem preocupação alguma??” rs rs rs

  • Diego

    Boa Resposta, Gustavo.

    Eu sempre tive uma visão diferente do ciúme. De que ele vinha da paranóia das pessoas. Da falta de confiança entre os casais. “Relacionamento sem Confiança, não dá.”

    Nunca tinha pensado no ciúme como uma fonte de energia para a Relação.

    Abraços.

  • Gustavo Gitti (autor)

    Luciana, hahahaha… É assim mesmo que somos!!! To rindo aqui com seu relato!

    Diego, sim, o ciúme movimenta energia, então não pode ser dispensado! É como a raiva, orgulho, inveja… Nós xingamos, vamos de um lado para o outro, batemos, etc. Então há uma energia aí que pode ser incorporada de modo positivo enriquecendo o relacionamento.

    Abração!!!!

  • Gabrila Aparecida

    BOM ESTOU FAZENDO UMA PESQUISA SOBRE FICANTES,COMO ELES SE REAGEM NAMORANDO.

    LOGICO QUE NUNCA FIQUEI.

    SE TIVER ALGUMA COISA MUITO INTERESSANTE MADE PARA O MEU MAIL THAU -GABI

  • Ruth

    Minha dúvida é sobre a monogamia, ela é real? De onde tiraram isso?

  • Gustavo Gitti (autor)

    Oi Ruth, poderia explicar o contexto de sua pergunta?

    Abraço!

  • mayara

    bem… terminei com meu namorado por causa de brigas, ainda gosto dele, e ele parece já ter me esquecido apesar de ter me amadooooooo mto mesmo..
    será que ele já me esqueceu mesmo?!

  • Gustavo Gitti (autor)

    Mayara, duvido que ele tenha esquecido você. ;-)

  • Aline

    OlÁ!
    bm, fico com um cara jah faz mais d 9 anos, dentro desse tempo ele jah casou e separou(obs: quando ele era casado não ficava com ele), mas sei q ele fica com outras garotas, e sempre tô falando q nunca mais vou ficar com ele, mas vira e mexe ele vm fala comigo e tals, e eu não aguento, não resisto e fico com ele dnovo. Gostaria d algumas dicas, será q devo continuar ficando? ou dah um gelo e não ficar mais com ele, c isso for possível..rs..

  • Mis

    Oi estou passando pelo mesmo que a Melissa, não sei mais o que fazer o amo mas não aguento entrar no orkut e ver as amigas, ex namoradas mandar scraps, fotos e ele não fazer nada. Sou tratada como uma ficante, estou muito triste e magoada, a ex dele teve a capacidade de pegar uma foto minha com ele fazer uma montagem deles juntos.

  • Anonima

    Boa tarde,me ajude por favor>Conehci na net um homem,nos tornamos amigos no orkut,msn,claro começamos falr sobre td,amor,sexo,amizade!Dai rolou atração,tezão,desejos de ambas partes,mas 2 se fzendo so de amigos*Dai ele veio sem,passada de Maceio p ca a trabalho,me chamou p sairmos e se conhecer pessoalmente,so podia ficar 2 3 horas comigo no aeroporto que tinha que voltar p trabalhar no outo dias,adorei conhece-lo,convidou-me p motel,não queria ir no 1 encontro,p me fazer de dificil,mas fiu e adorei ele diz que tb.no dia seguinte nos falamos pelo msn,disse que adorou cada min do meu lado,que queria passar noite toda comigo,me convidou disse que eu aceitava,que iriamos qdo ele viesse p ca>Mas dai eu Surtei e acho que assustei rsrsrs,ja me declarei que amei td,que queria ficar c ele namorar,não casar + amar e ser amada p ele,passei varios rec audaciosos no orkut,ele apagou pq disse que não gosta de se expor,eu gosto fiquei triste,mandei e-mail,resp.poucas palavaras to trabalhando a noite conversamos,dai fui pressionamdo ele p dizer o que sente!Bom disse que nada mudou que sente p mim mesmo que sentia antes ,mas não deixou claro,diq que to cobrando,p + que eu diga que não to lhe parece cobrança.Comentei sobre os rec.do orkut dele,falei que se ele não me quer + td que continuamos ser so amigos.Ele concordou,mas disse que temos chances.Mas me trato desse jeito,to brava c ele querendo exclui ele do msn orkut.Mas adoro ele,eu disse que vo parar de sonnhar alto c ele,pq se não acabo p me apaixonar.Mas pelo meu jeito acho que ja to apaixonada rsrsrs>Ele é viuvo faz,1 anos e meio,diz que amo muito essa mulher,que não esqueceu dela,e sofre c ausencia dela ate hoje.Que aprendeu a viver sozinho e triste,que queria morrer,agora que ele ta se dando conta,que tem que continuar a viver p ajudar seus filhos que ja saõ de maiores.Que faço eu p conquistar,esse amigo que adoro,acho que no fundo ele tb,gostou muito,+ eu pisei na bola,cobrei surtei.Quero muito nova chance c ele como devo me comportar,c ele,me ajudem.Ele disse na cama,vc quebrou algemas,pulou cercas eletricas,rompeu barreiras,que não haviam conseguindo ainda,e estou assustado c vc acendeu minha luz amarela,meu pisca alerta>Sei que errei pq exagerei,querendo que ele se declarasse ja no 1 encontro,falasse o que seu coração sentia.Dai ele me evitou,ta + frio comigo>Sei que tenho td de bom,p conquistar esse homem ele sabe tb,se não fosse essa pegação minha,p pura carencia,pq estou me saparando,mas vivo c meu quase ex,ele diz nunca sai c mulher casada,vc primeira,cuide-se de se separ primeiro,não posso namorar vc ainda!!Como conquistar ele em todas areas do seu universo masculino!!Att.Anonina Grata!!Beijos no Coração**

  • mih

    aii eu naum aguento mais ter que fka brigando com meu namorado por motivos banais!!! tenhu muitooo ciumes dele…principalmente por causa de orkut! sabe meninas idiotas fikam mandando recados pra ele e ele como sempre fika respondendo os recadinhus que as idiotas mandam! ai que odiooooo!

  • Marcelo Maia

    Oi Gustavo…conheci uma garota ela tem 25 anos e eu 28 bom ela já foi casada 9 anos e eles terminarão…bom ela sofreu mt pelo menos 6 meses e depois conheceu meu amigo ficarão namorando 2 meses e ele terminou com ela e ela sofreu de novo, bom ele falava p/ min q ela cobrava mt ficava mt no pe deli e bom eu fiquei com ela e estol gostando mt dela mas ela falo p/ min que ñ quer gosta de niguem, namora com niguem bom q faço pq adoro td com ela.

  • carol

    terminei um namoro por causa de orkut, depois qdo bate aquela saudade, a gente se arrepende um pouco, hj ta fazendo um mês… mas hj eu vejo q eu fiz o certo… homem nao vale nada, homem nao fica mto tempo sozinho, nao eh trouxa como nos mulheres!
    ele adicionou tds as “amigas” dele denovo, e ficam nakelas msgs bem típico de galinhas!

  • Paco

    O Correto a fazer: Vou soar meio Osho agora.
    O ciume tem que ser expressado, guardar ele é um veneno, o certo mesmo é não senti-lo, sabendo que todos são livres e estão dispostos a se apaixonar, se envolver com outras pessoas, sem posse, sem dominação…

    MAS CARALHO COMO ISSO É DIFÍCIL…

    E muito, acho que pra ter essa compreensão, não só racional, mas de fato não senti-lo, saber contornar, tem que ter um acabeça bem lúcida, BEM LÚCIDA.

    Quando eu fico com ciumes, e ele vem de uma forma animalesca, eu respiro fundo, penso: Ela é livre, se ela quiser me trair, que me traia, nada de mais nisso, não sou seu dono, não sou sua posse, se ela me deixar, vou seguir minha vida (e por isso é muito importante você TER uma vida fora do seu relacionamento e não priorizar sua namorada na sua vida como o Dr. Love e o Gitti ja falaram aqui no blog) e assim aquele fervor todo vai se acalmando e quando passa uns minutos, ele vai embora. Lógico que se eu tiver de mão dada e ela secar o marombado que passou eu vou apitar pois ai é falta de respeito com minha pessoa.

    Tenho uma outra técnica ja abordada aqui no post do homem guerreiro que na verdade ja fazia antes de ler e era essa:

    VOU MORRER, todo mundo JÁ ESTÁ morrendo, pra que esquentar minha moringa em saber se ela vai me trair ou não, se ela vai dar pra outro ou não e etc. E vem funcionando. Assim sigo mais leve e desencanado.

    Ja que não posso manipular, aprisionar, controlar, faço isso e vivo a vida do jeito que da sempre lembrando que o sol brilha pra todos, se ela olha, e sei que olha pois TODA mulher olha, também olho, admiro, acho bonita, e só. Sigo com minha garota pois é ela que vou degusta-la a noite.

    Abraços.

  • ca*

    “Em vez de direcionar sua atenção ao seu relacionamento com ele ou com ela, se relacione com o ciúme. Apresente-se a ele, convide-o para entrar, pergunte, sinta, converse com ele.”

    um outro texto que me ajudou e MUITO, parabéns Gustavo!

    sou muito ciumenta e isso já está afetando meu namoro de 3 meses, quero mudar, pois se com 3 meses já está assim… nem quero imaginar o que pode acontecer!